Volume de treinamento para meio-fundistas?

Pergunta: 
Qual é a importância dos treinos de rodagem para os meio-fundistas?

Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

Os corredores meio fundistas devem ter como ferramenta básica do seu treinamento rodagens longas.

Quando falamos rodagem não estamos nos referindo àquelas feitas por atletas arremessadores ou lançadores (lembrando O'brien, que corria diariamente 5 Km) a rodagem deve ser adequada e não tão curta, devidamente longa em equilíbrio e oxigênio, feito no mínimo duas vezes por semana.

Isto fornecerá condições cardio-vasculares e estrutura para sua prova e treinamento, principalmente os de repetição em pista. 

O trabalho no treino de rodagem, a nível aeróbio promoverá um percentual pequeno acumulo de ácido lático, além disso o atleta adquirirá condições de confiança psicológica e uma auto avaliação positiva em relação aos adversários.

É de fundamental importância o treino de rodagem para os meio fundistas, da mesma forma que é importante o treino de velocidade para os corredores de 100 e 200 metros. 

Carlos Gomes Ventura
Telefone: (11)3686-5384 e 4191-3490 - e-mail: cgventura@uol.com.br

PUBLICIDADE


Resposta do Professor Luis Tavares

Para um trabalho ser completo tem que haver um equilíbrio entre trabalho aeróbio, força e velocidade. No caso de meio fundista trabalharemos as três qualidades dando um pouco mais ênfase para a velocidade. 

Apesar de atleta de meio fundo correr provas curtas é importante trabalhar a rodagem pois a velocidade e resistência caminham juntas ou seja, se você pretende correr 1000 metros em 3:30 e acaba fazendo em 4:00 faltou resistência para que você mantivesse o ritmo para concluir em 3:30. É lógico que a rodagem de meio fundista não chega ao nível de um maratonista, Geralmente fica em torno de 40 a 50 km semanal.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br - site: https://www.ectavares.com.br


Resposta do Professor Luis Antônio Sturian

Sua importância se localiza na fase de "base" dos treinamentos. Considerada a periodização dos treinamentos, levaremos em conta uma pirâmide, então esses treinamentos são fundamentais na base desta pirâmide, nesse período os atletas aproveitam para participar de algumas provas de fundo (de rua), onde ganham força, ritmo e consistência para as próximas fases. Para melhor entendimento, as fases do meio e topo da pirâmide são onde ocorrem os treinamentos mais intensos por meios de treinos de velocidade realizados em pista, com muitos treinamentos anaeróbios, já que a própria competição de meio-fundo é totalmente anaeróbica, nesse caso os treinos de rodagem no início são de fundamental importância para que o atleta suporte essa carga na seqüência. Enfim, cada atleta tem um rendimento representado pelas suas potencialidades e individualidades, nesse sentido o treinador deverá saber qual o momento ideal de acrescentar um pouco de rodagem em outras fases se houver necessidade, destacando-se a verdadeira importância e função do treinador. 

Luis Antônio Sturian
Tel.:(19) 3434-2545 - e-mail: voutreinar@voutreinar.com.br - site: www.voutreinar.com.br

PUBLICIDADE

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: