Exercícios educativos para corredores

Pergunta: O que são exercícios educativos para corredores?

Corredora - CDC/ Amanda Mills

Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

São exercícios de coordenação, tais como; saltos, elevação dos joelhos...

Tenho uma falha grave, não consigo guardar o nome dos exercícios que eu aplicava em meus atletas, mas sei a seqüência correta para aplica-los, a intensidade e a freqüência. Meu pecado consiste nos nomes, mas isso não vem ao caso.

Entendo que os exercícios de coordenação são fundamentais no início da carreira atlética, pois corrigem/evitam que o atleta corra de forma pouco econômica.

PUBLICIDADE

Os exercícios de coordenação além de corrigir os erros de postura, serve também como trabalho de força localizada, principalmente nos corredores de fundo, pois evita que os atletas fiquem confinados dentro de uma academia puxando ferro desnecessariamente, ou exageradamente. Esses exercícios podem ser realizados em subidas (coordena a passada, os braços, além de trabalhar a força).

Não tenho muito a dizer desses exercícios, porém são de extrema importância para todo atleta.

Tive casos de atletas que vieram treinar comigo, que melhoraram suas performances assustadoramente. Não é exagero. Os caras chegaram com cacoetes de postura, de passada, de movimentação de braços e etc. Depois de alguns meses fazendo esses exercícios de forma progressiva, tentaram correr da forma quando chegaram e acharam estranho, desconfortáveis.

Para encerrar, correr não é só correr, envolve muito mais coisas do que só o ato de correr. São exercícios localizados, alimentação, descanso, hidratação e por aí vai. Combinando isso tudo, evita o desconforto de uma lesão, de um stress...

Bons treinos.



Resposta do Professor Luis Tavares

Exercícios educativos, como o próprio nome diz são exercícios para melhorar sua coordenação, eficiência, economia na execução de seus movimentos na corrida. Ou seja, se o atleta tem uma deficiência ou ma postura na sua corrida, com o educativo ele é facilmente detectado e corrigido. 

Os educativos também são usados como parte integrante do aquecimento. Eu costumo realizar com meus alunos um breve trote de aquecimento, em seguida um alongamento e por ultimo os exercícios educativos que são 7 tipos de exercícios (skipping, suspensão, alternado etc).

Vale lembrar que esses exercícios tem que ser bem feitos para que venha melhorar sua eficiência, caso contrário ao invés de melhorar, estará aumentando o grau da sua deficiência.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br 
site: https://www.ectavares.com.br


Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

Os educativos de corrida são imprescindíveis na formatação da planilha de treinamento de para qualquer corredor, seja velocista – fundista ou grande fundo.

PUBLICIDADE

Os educativos de corrida podem e devem ser feitos em qualquer faixa etária. Devemos levar em conta que a característica principal de um corredor seja ele qual for é fundamentalmente a descontração, a vivência espacial, a musculatura solta e a necessária coordenação motora.

Como treinador exijo dos meus atletas, da mesma forma exijo dos meus alunos universitários na cadeira de Atletismo, o conhecimento e a prática dos educativos de corrida.

Milhares de corredores que fazem parte de um grupo denominado povão ou massa e inúmeros atletas de gabarito correm por correr, sem terem idéia o que é para que servem os educativos de corrida.

Trabalho com alguns educativos que julgo fundamentais:

1- Skiping alto: elevação alternada dos joelhos até a altura do abdômen, correndo no lugar.

2- Skiping baixo: elevação alternada dos joelhos até a altura dos quadris, correndo no lugar.

3- Anfersen: Correr no lugar ou em locomoção tocando os calcanhares nos glúteos.

4- Haupserlaüfen: corrida alternando saltos com elevação dos joelhos e o conseqüente trabalho de braços.

5- Dribling: corrida rapidíssima no lugar elevando minimamente os pés com trabalho de braços rápido e veloz.

6- Capoeira: exercícios de capoeira, braços e pernas, saltos que comprovadamente melhoram a execução do desequilíbrio corporal, provocando saltos, execução de impulsões e vivência espacial, especialmente para barreiristas e velocistas.

7- Pular corda: da mesma forma que o pugilista o corredor pratica esta atividade lentamente ou velozmente e consegue coordenação de movimentos, melhorando sua corrida.

8- Correr defronte ao espelho; da mesma forma que um pugilista que ensaia seus golpes e atitudes, o corredor, principalmente corrige seus defeitos e melhora sua coordenação, passa a correr descontraidamente tendo conseqüentemente um melhor desempenho.

Carlos Gomes Ventura
Telefone: (11)3686-5384 - blog: carlosventura8085.blogspot.com - e-mail: cgventura@uol.com.br

Livro
Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...

Saiba mais:
Dicas para evitar lesões típicas em corredores
Importância da movimentação dos braços para a corrida
A corrida dos braços e a musculação
Erros nos estilo de corrida
Técnica de corrida vale mais que a genética


PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

VoltarVoltar