Estratégia para corridas com ladeiras?

Pergunta: Qual é a melhor estratégia ao participar de corridas com ladeiras?

Resposta do Professor Luis Tavares

Existem algumas estratégias e dicas para não se transformar em tortura ao subir ladeiras. A principal é de nunca olhar ou se preocupar com o fim da subida, fixe o olhar em um ângulo de 45º, isso para não se desgastar psicologicamente. Mantenha seu tronco projetado a frente e com boa movimentação de braço para facilitar uma boa impulsão. 

Tente utilizar a ponta dos pés, facilitando a biomecânica da suspensão dos joelhos e amplitude das passadas. Tente se concentrar ao máximo na corrida e não deixar cair muito o seu ritmo, procure prestar atenção em sua respiração. Evite ter gastos de energia desnecessariamente como bater papo durante a subida. Essas são as principais dicas.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br 
site: https://www.ectavares.com.br

PUBLICIDADE


Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

Todos os corredores de longas distâncias têm obrigatoriamente nos seus treinamentos atividades em terrenos variados, acidentados, montanhosos, o recurso para uma melhoria da atividade muscular dos membros inferiores fica evidenciado pela atividade das corridas nestes tipos de terreno.

Atividades competitivas como cross-country, provas como São Silvestre, Bolder Boulder , Bologna, entre outras fazem com que os atletas usem das mais diversas táticas para melhorar suas performances.

As corridas onde prevalecem ladeiras, subidas íngremes fazem com que os atletas adquiram condições físicas para atingirem os objetivos, às vezes para provas de pista.

Um atleta para competir no seu mais alto nível deve preparar-se usando táticas de acordo com o tipo de prova que vai fazer, que objetive sua melhor performance.

Lassen Viren, campeão olímpico finlandês, dizia com muita propriedade que em uma prova de terreno acidentado ou com ladeiras, como na São Silvestre, a tática era empregar ritmo na descida para poder ter um melhor desenvolvimento na subida, de fato tivemos esta experiência, descendo na época a Av. Brigadeiro Luiz Antonio em ritmo, como tática e subindo a Rua da Consolação com velocidade para vencermos por duas vezes a prova.

É uma ilusão para o fundista pensar que a ladeira vá derrota-lo, é justamente ao contrário, a tática para vencer um terreno em aclive é estar preparado para saber correr no terreno em declive.

A função do fundista é como tática atacar a montanha antes que ela o ataque, para o bom corredor uma ladeira não é um obstáculo, é apenas mais um degrau na escada de sua preparação, portanto a preparação - a tática a ser empregada é treinar duro usando terrenos irregulares.

Observando e trocando idéias com Paul Tergat e seu técnico Dr. Rosa pude constatar que para eles, principalmente os africanos a subida é apenas um detalhe.

Diariamente vemos atletas treinando em praias, bosques como o parque do Ibirapuera - Lagoa da Pampulha, USP, terrenos planos, isto não leva a nada quando o planejamento for composto somente deste tipo de atividade.

A melhor tática para obter-se resultado positivo em provas e corridas com ladeiras é treinar semanalmente pelo menos 3 a 4 dias em terreno montanhoso.

Carlos Gomes Ventura
Telefone: (11)3686-5384 - blog: carlosventura8085.blogspot.com - e-mail: cgventura@uol.com.br

Livro
Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...


Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

Pergunta difícil essa, vocês não acham?

Tem várias estratégias para se correr uma prova com ladeiras:

1- Sair no ritmo normal como se estivesse correndo uma prova plana, lógico que nas subidas o ritmo vai cair drasticamente, mas poderá ser compensado nas descidas;

2- Sair num ritmo mais fraco para aumentar nas subidas e descidas;

3- Fazer um ritmo constante desde a largada e não diminuir nas subidas e não aumentar nas descidas, ou seja, se você corre no plano a 3 minutos por quilometro, deve correr essa prova com subida num ritmo compatível que nas subidas não caia substancialmente, corra de forma constante, pois aqueles atletas que saíram forte, fatalmente diminuíram na subida e você irá alcança-los facilmente;

Como vocês viram, são várias as estratégias, mas o mais importante é você saber qual o seu condicionamento para não fazer besteira, principalmente nas descidas. O perigo em se quebrar numa prova com ladeiras não é a subida e sim as descidas, pois o atleta, pensa que pra baixo todo Santo ajuda, está redondamente enganado. O impacto na musculatura numa descida feito de forma muito rápida e incorreta pode por sua prova a perder.

Qualquer que seja a estratégia usada, o mais importante numa prova é o aquecimento bem feito, sem ele você não é ninguém.

Como eu disse no começo, pergunta difícil de responder, pois a estratégia adotada nem sempre é a melhor, por isso que o atleta tem que se conhecer, saber das reais condições do seu organismo. Sendo assim, muitas vezes a estratégia é montada 
no decorrer da prova.

Um abraço a todos!

Nilson Duarte Monteiro - e-mail: nilsondm@uol.com.br 

PUBLICIDADE

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Subir escadas é benéfico no treinamento do corredor fundista? 
Qualquer pessoa é capaz de completar uma maratona?

VoltarVoltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: