Maratona das Águas 2005
por Eduardo Mendonça

Eduardo Mendonça conta seu esforço e emoção de completar essa que é considerada a maratona mais difícil do Brasil.

Caros amigos, 

Eu, Rei (agora Rei das Montanhas de Águas de Lindóia) Drica e claro minha fiel escudeira Amandinha, nos encontramos no metrô Armenia às 07:00 da manhã de sábado e rumamos ao desconhecido direção Águas de Lindóia até então era correr uma maratona que todos diziam ser a mais difícil do Brasil.

Todos acomodados e lá vamos nós chegamos na cidade que iria acontecer a largada Amparo, bom perguntamos e ninguém sabia de corrida rsrsrsrsrs ou melhor falaram pro Rei se maratona era corrida de carro rsrsrsrrsrs.

Saímos em direção à águas de Lindóia, ai começamos a ver o que nos esperava em cada subida que se iniciava eu e o Rei marcávamos no velocímetro do carro a distancias de cada subida e todas cruéis até chegarmos na mais temida que era no km 33 ou 34 até o km 40 essa sim era de assustar e tirar o sono de muitos atletas.

Verificação feita chegamos na cidade de águas fomos procurar a pousada detalhe para irmos até a pousada teríamos que voltar e passar mais uma vez por aquela subida terrível rsrsrs.

Na pousada...
Local simples mas bem acolhedor tinha uma bela piscina na qual as meninas passaram quase o dia todo de sábado.

Jantar de massas....
Para irmos no jantar de massas tínhamos que voltar para Águas de Lindóia e acreditem tínhamos que ver novamente aquela subida, era inacreditável que teríamos nos kms finais aquela terrível subida.. bom gente não há muito o que falar do jantar de massas que foi servido no salão do hotel muito legal com várias opções de massas e molhos com bebidas e sucos incluso você poderia comer a vontade e sucos e refrigerantes também a vontade e muitos doces mas uma grande diversidade de doces também a vontade excelente!!!! A organização foi excelente!!!

Dia da maratona...
No domingo cedo acordamos as 04:00 da manhã eu numa expectativa terrível tomamos café correndo na pousada um pouco de cada coisa e seguimos para Águas de Lindóia pegamos um ônibus da organização da provas as 05:15 rumo ao local da largada Amparo, as meninas nossas fiéis escudeiras Amandina e Drica ficaram em águas de Lindóia para esperar a nossa chegada.... no ônibus todos comentavam sobre a mais temida maratona do Brasil uns concentrado como o caso do Rei outros mais falantes rsrsrs como o meu caso!!

Em Amparo chegamos tinha mais um café sendo servido , encontramos a Rita e seu esposo eu já a conhecia e apresentei o casal simpático para o Rei, tomamos um café e fomos nos alongar e aquecer.

Largada... trote leve e vamos em frente o Rei saiu na minha frente é claro rsrsrs primeiros km tranqüilos e o pessoal comentando guardar energia para o final na ultima subida você vai precisar fiz uma prova consciente e bem planejada algumas subidas à frente e em Pouso Alegre chegamos no km 13 a primeira subida mais temida do km 13 ao 17 uma subida íngreme muito forte sol na testa vamos subir mas vamos devagar que tem muita prova pela frente carros de apóio e motos de policia te dando segurança pelo percurso água gelada olhem o detalhe muita água gelada, não via a hora de terminar aquela subida ela era imensa e muito cansativa sem fim final da subida começa uma descida sem fim até Serra Negra água gelada, isotônico uma banana esperta pra ajudar encontro um amigo de Guarulhos o Ailton ele começa a andar em, outra subida tento dar forças para ele mas ele pede pra eu ir embora pois pra ele num dá mais pra ir correndo na subida vamos rumo a Lindóia subida descida cansaço chegando km 21 com 1hora e 55 min estava bem tinha energia ainda legal.... km 30 2h e 45 min estava bem sentia que poderia forçar cada pessoa que eu passava me avisava para segurar para guardar energia para a mais temida das subidas mas eu estava bem e fui embora chegamos a Lindóia depois km 33 inicio da subida no km 34 ali começa o martírio uma subida sem fim do 34 ao 40 era coração era muita cabeça começo a pensar na minha família que tinha ficado parte em casa no meu filho maravilhoso na minha esposa que tem muita paciência comigo começo a pensar na minha filha que esta na chegada esperando pra me dar um abraço neste momentos eles que me dão forças pois ali já num tinha mais cabeça nem pernas encontro muitos atletas pelo caminho andando e eu falava pra min mesmo ñ vou andar vou vencer esta subida correndo a cada curva eu buscava a próxima para saber o que tinha depois dela e surpresa era outra subida, estava com a língua de fora curva subida e só tinha uma vontade de parar de andar de chorar mas pensava na minha família e vamos lá água gelada incentivo no meio da subida garra superação tive momentos que quis chorar um momento que quis vomitar eca em fim km 40 depois de uma curva olho para um corredor e pergunto acabou ele balança a cabeça em sinal de positivo virei esta curva e pronto uma descidinha no portal da cidade mais água gelada pego 3 copos dois na cabeça tomo um passo gritando de alegria e desespero.

Vamos rumo à chegada ali era só coração não dava mais, encontro um atleta que me diz só três curvas e pronto chegada fico feliz e começo a contar 1,2,3 e cadê a chegada ptz nada de chegado fui enganado de novo vontade de sei lá depois de muitas curvas já em desespero esses são os momentos mais difíceis da maratona.

Avisto a chegada nossa busco não sei de onde energia vejo minha filha que vem ao meu encontro ai pronto começo a chorar e correr e ela do meu lado eu choro de alegria e de felicidade passo pelo Rei sentado na calçada que me fala palavras de incentivo tenho mais força olho pra frente a Drica tirando foto mais palavras de incentivo olho minha filha ali do meu lado ( que emoção correr com ela ) vamos pai falta pouco chego no pórtico e o locutor grita meu nome eu choro maior ainda olho no relógio 3 hs 57 minutos passo chorando pela chegada quando o locutor diz Eduardo Mendonça é tudo rsrsrsrs, desço para cumprimentar o pistola e dar um beijo na minha filha nos abraçamos e choramos juntos eu ofereço essa maratona pra ela e mais choro rsrsrs é isso ai acabou a maratona agora é pensar na Maratona de SP.

Retorno pra SP, trânsito de 2 horas na Fernão dias acho que gastamos umas 4 horas pra chegar em SP mas valeu muito,

Organização da prova 10, prova 10, companhia de Rei e da Drica num tem preço nota 1000 vocês são maravilhosos obrigado!!!


PUBLICIDADE


Créditos:
Texto copyright © por Eduardo Mendonça

Voltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

© 1999-2018 Helio Fontes
Anuncie no Copacabana Runners | Utilização de material original do site | Política de privacidade
Copacabana Runners - Atletismo e Maratonas