Teoria e Prática do Treinamento Intervalado no Esporte
Introdução do livro

Conheça as bases teóricas do treinamento intervalado e saiba um pouco da história deste tipo de treinamento, suas correntes e aplicações.


Costuma designar-se por "treinamento intervalado" a variedade do trabalho interrompido e repetido, em que a carga necessária à ação escolhida recai sobre uma função a ser treinada, em intervalos regulados de esforço e repouso, regidos por determinadas normas. Ao contrário das formas tradicionais do trabalho intermitente, em que os intervalos de repouso não representam qualquer significado real para a obtenção do efeito almejado, servido apenas de condição para executar o trabalho repetido; no treino intervalado o estabelecimento da duração da pausa e do caráter do repouso apresentam importância idêntica. 

PUBLICIDADE

Convém notar que, quanto à prioridade dos parâmetros do exercício e do repouso no treino intervalado, os pareceres particulares dos especialistas chegam a ser antagônicos. Assim, conforme o ponto de vista dos fisiólogos alemães (Reindell H., 1961; Reidell H, Roskamm H., Gerschler W., 1962; Roskamm H., Reidell H. Keul J.,1961) compartilhado por uma série de especialistas de outros países (Costes N., 1972, Metzner A., 1962; Smodlaka V.N.,1964; Van Goor H., Mosterd W.L.,1961), a eficácia do treinamento intervalado, sobretudo, depende da escolha correta dos intervalos de repouso. Entretanto, os representantes da escola escandinava de fisiologia (Christensen E.H., 1960,1961; Christensen E.H., Hedman R., Saltin V., 1960) estão convictos que com a execução de exercícios intervalados intensivos de curta duração, o resultado decisivo na obtenção do efeito de treinamento esperado, pertence aos parâmetros do próprio exercício. Contudo, conforme é possível observar nos resultados de pesquisas anteriores (Vólkov N.I., Bútin I.M., Lavréntieva N.I., 1960; Vólkov N.I., Straj V.A.,1979; Vólkov N.I., Straj V.A., Kuznitzóv S.P., Kurbánov O.G. 1987), ambos os pontos de vista são corretos, apenas em determinadas faixas de esforço, utilizadas em diferentes formas do treinamento intervalado. As mudanças nas relações dos parâmetros entre trabalho e repouso, e as variações fisiológicas decorrentes no organismo conduzem à alteração relativa dos processos da troca aeróbia e anaeróbia na carga energética total.

Nos últimos quarenta anos, o treino intervalado passou a ser o método principal de treinamento nos tipos de esporte ligados à demonstração básica de resistência, tais como: corrida de média e longa distância, marcha atlética, natação, remo, corrida de patins, ciclismo, corrida de esquis, etc. No final da década de cinqüenta, o interesse para com as questões do treino intervalado assumiu caráter muito amplo após os sucessos triunfais de Emil Zatopec, famoso corredor tcheco, que demonstrou amplamente as vantagens do referido método durante a sua preparação. Sua aplicação regular, na atualidade, não é privilégio, apenas, dos representantes dos "esportes de resistência", mas, também, dos representantes das modalidades em que a resistência não possui papel decisivo, mas o lato nível do seu desenvolvimento cria condições para o domínio de amplos volumes de um trabalho específico de treinamento dirigido ao aperfeiçoamento das qualidades "principais" do desportista. O interesse geral para o aproveitamento, na prática, do treino intervalado, acha-se sujeito, antes de mais nada, às possibilidades intrínsecas do método da dosagem exata de uma ação rigidamente direcionada para o organismo do atleta sujeito ao treinamento e pela regularização do esforço decorrente das condições do treino e do uso de meios complementares.

PUBLICIDADE

O emprego do treino intervalado, em diversas modalidades esportivas, permite aos atletas e treinadores atingir o aumento das marcas para competições de grande responsabilidade em períodos de preparação mais curtos.

Este artigo foi removido do livro:
Teoria e prática do treinamento intervalado no esporte

Teoria e prática do treinamento intervalado no esporteO livro trata do treinamento intervalado de alto nível em esportes coletivos e individuais, revisando os principais e mais recentes estudos de renomados cientistas da Rússia e de outros países. Saiba mais...



Nos últimos anos, diversas formas de treinamento intervalado passaram a ter amplo emprego na prática da cultura física terapêutica e da medicina preventiva. O início dessa diretriz ocorreu na Alemanha com os trabalhos do professor H. Reindell e sua equipe
(Reindell H., 1961; Reindell H. Roskamm H., Gerschler W., 1962). Grande contribuição para essa modalidade foi oferecida pelo professor V. Smodlak (1963 e 1964) com pesquisas iniciadas na Iugoslávia e continuadas, com sucesso, nos EUA, onde chefiou a seção de reabilitação do Hospital de Siracuza, perto de Nova Iorque. O emprego do treinamento intervalado mostrou-se muito eficiente na reabilitação e no tratamento de diferentes gêneros de moléstias cardiovasculares e pulmonares, de disfunções metabólicas e endócrinas, de lesões congênitas no aparelho locomotor, etc. Nos últimos tempos, em vários países, passaram a ser aplicadas formas de emprego combinado do treino intervalado com o treinamento fracionado em hipoxia e outros métodos de treinamento fisiológico ativo, que substancialmente alargam e aprofundam as possibilidades da sua ação terapêutica e reabilitadora (Vólkov N. I., Bulgákova N. J., Karétzkaia N.N., Kovaliénko E.A., Smirnoff, 1994; Iordánskaia F.A., Arkhárov S.I., Dmítriev E.I., Merínova A.B. 1967; Míchtchenko V.I., Vólkov N.I., 1987).

Em função dessas circunstâncias que despertaram o interesse geral para as questões do treino intervalado, o estudo das particularidades de suas diversas formas sobre o organismo dos praticantes e o estabelecimento de regimes e períodos ideais indispensáveis para atingir determinado efeito constituíram-se em objeto preferido de pesquisas científicas, no decorrer de algumas décadas. Após a publicação da primeira monografia do professor H. Reindell e outros (Reindell H., Roskamm H., Gerschler W., 1962) apresentando os resultados das pesquisas cientificas relativas ao assunto obtidos até o início de 1962, o debate sobre os mecanismos de atuação do treinamento intervalado e das peculiaridades da sua aplicação na prática de várias modalidades de esportes tornou-se tema constante em debates científicos e em periódicos especializados nas questões da teoria e da prática desportiva.

A parte predominante dos trabalhos científicos, referente às questões do treino intervalado, é dedicada, como já foi visto, ao estudo da sua atuação sobre diferentes funções fisiológicas e processos metabólicos do organismo, e à descrição das peculiaridades do método, com finalidade dede formar um conceito correto de suas possibilidades e de suas falhas. Entretanto, a maioria dos trabalhos indicados não responde à questão básica: como conseguir, no treino intervalado, o efeito desejado por meio da regulamentação dirigida dos parâmetros do esforço e do repouso? De modo geral, treinadores e professores de cultura física não se interessam tanto pela ampliação do campo das pesquisas científicas, relativas ao treino intervalado, introduzindo variáveis novas, pouco pesquisadas e um número cada vez maior de indicadores estudados quanto à recomendação exata de dosar os parâmetros de trabalho e repouso para atingir a potência necessária sobre a função treinada ou sobre a qualidade física do atleta. Desse ponto de vista, a maioria dos resultados das pesquisas deve ser retomada e repensada com o uso de métodos correspondentes à análise quantitativa, para esclarecer informações referentes à problemática em questão. Nessa obra, não só discutimos resultados de trabalhos já elaborados, mas tentamos, também, determinar o rumo do seu aproveitamento efetivo e prático, com o fim de atingir no treinamento resultados com maior rapidez de adaptação no processo do aperfeiçoamento desportivo.

PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Créditos:
Agradecemos a Editora Multiesportes pela permissão em reproduzir a introdução do livro Teoria e Prática do Treinamento Intervalado no Esporte de Nicolai Ivanovich Volkov. 

Artigos relacionados:
O que são treinos intervalados 
Importância da freqüência cardíaca basal ou em repouso
Melhorando a velocidade de fundistas
Velocidade no limiar de lactato
Treinos de velocidade para corredores amadores
VO2 máximo, Limiar Anaeróbico, Ácido láctico ou lático
Estratégias para treinos fortes seguidos
Correr na rua com segurança - O Jogo de Velocidade
Treino Fartlek

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: