Cirurgia de Vasectomia

Embora os homens possam usar a vasectomia como método contraceptivo, estudo realizado pela enfermeira Flávia Ribeiro Manhoso mostra que a técnica é escolhida na maioria dos casos devido a problemas com a saúde da mulher. A pesquisa também aponta que os homens não se preocupam em usar preservativo após a vasectomia, o que aumenta o risco do contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) como a aids.

PUBLICIDADE

Flávia entrevistou homens de baixa renda entre 25 e 45 anos que passaram por reuniões de planejamento familiar em um posto de saúde de Interlagos (Zona Sul de São Paulo). "A maioria escolheu a vasectomia devido a problemas de saúde na parceira causados por cesarianas ou outros anticoncepcionais, em especial a pílula, injeções e o Dispositivo Intra-Uterino (DIU), e medo de complicações na cirurgia de laqueadura de trompas", destaca. "Nenhum veio por iniciativa própria, mas só após muito diálogo entre o casal, apesar da média de 3 a 6 filhos por família."

De acordo com a enfermeira, os entrevistados optaram pela vasectomia por indicação de amigos ou foram encaminhados ao planejamento familiar por meio do pré-natal da companheira. "Eles tem pouca informação sobre o método, por isso há um grande receio de que a cirurgia prejudique a vida sexual", ressalta. "Houve homens que deixaram de ir às reuniões por medo da incisão ou sentimento de vergonha diante dos profissionais de saúde."

PUBLICIDADE

Flávia explica que os homens devem fazer dois espermogramas, 30 e 60 dias após a cirurgia, para verificar se não há mais produção de espermatozóides. "Na pesquisa, parte dos vasectomizados não retornaram com os exames, e se não forem usados outros métodos anticoncepcionais, podem voltar a ter filhos mesmo operados", alerta. "Os homens entrevistados também não relacionam o uso de camisinha com a prevenção de DSTs, passando a dispensá-la depois da vasectomia."

Antes do homem realizar a vasectomia, o casal precisa passa por três reuniões de planejamento familiar com especialistas, onde são apresentados os métodos contraceptivos. "Apenas os homens maiores de 25 anos e com dois filhos vivos podem utilizar a técnica", explica a pesquisadora.

Depois da triagem feita por uma assistente social, um médico e um psicólogo os homens assinam um termo de consentimento e são encaminhados para a cirurgia, que é realizada no próprio posto de saúde. "Os pacientes não podem manter relações sexuais nas 24 horas seguintes à vasectomia, mas a maioria dos entrevistados se relacionou antes desse prazo."

Flávia observa que o planejamento familiar quase sempre é feito por meio da mulher. "Há uma grande procura pela laqueadura de trompas, cirurgia que é feita somente em hospitais e tem uma grande fila de espera no serviço público", diz. "A vasectomia é uma contribuição que pode ser esperada do homem, sendo bem mais acessível no aspecto sócio-econômico do que a laqueadura."As conclusões do estudo estão no mestrado da enfermeira, apresentado na Escola de Enfermagem (EE) da USP.
Fonte: Júlio Bernardes , Agencia USP, 17/01/2006.

PUBLICIDADE






 

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos Relacionados:
Vasectomia - Reversão, masculinidade e outros mitos
Métodos anticoncepcionais ou contraceptivos - método pílula anticoncepcional, preservativo masculino e feminino, DIU, diafragma
Gravidez na adolescência
Teste de gravidez - sobre os testes
Prostatite crônica e aguda
Aumento de próstata - Tratamento com laser
Toque retal e psa da próstata - Exames
Tamanho da próstata e sua função
Aumento da próstata - Hiperplasia prostática benigna
Perda de Libido e redução do desejo sexual
Andropausa - alterações sexuais do homem idoso
Fratura do Pênis
Faloplastia
Aumento peniano
Alongamento peniano - Tamanho do pênis - Cirurgias para aumento do pênis
Camisinha feminina ou preservativos femininos
Preservativo masculino
Camisinha masculina
Pílula anticoncepcional
Anel Vaginal Contraceptivo
DIU - Dispositivo Intrauterino
Educação Sexual
Coito Interrompido
Métodos anticoncepcionais - Contraceptivos e informação
Pílula do dia seguinte - Efeitos colaterais
Pílula do dia seguinte e Contracepção de emergência
Laqueadura - Esterilização e Reversão
Balanite ou inflamação da glande do pênis
Circuncisão
Fimose em adultos e crianças - Tratamento, pomada e circuncisão
Prótese Peniana - Implante, suas vantagens e desvantagens
Teste de gravidez caseiro de farmácia funciona?
Ovulação - Teste de gravidez caseiro de urina
Beta hcg
Ovulação - Sintomas
Ligadura de trompas

Doenças sexualmente transmissíveis - DST:
Herpes genital - Sintomas, tratamento
Hepatite B
Hepatite A
Tipos de Hepatite
Epididimite aguda e crônica
DSTs na gravidez
DSTs - Testes, diagnóstico, tratamento e prevenção
DSTs mais comuns, sintomas
Tipos de DST
Doença inflamatória pélvica - Causas, sintomas e complicações
Doença inflamatória pélvica - Diagnóstico, tratamento e prevenção
Herpes genital masculina e feminina - O que é, causas, diagnóstico, transmissão
Herpes genital tem cura? Como prevenir e tratamento
Gonorréia
Os perigos do beijo na boca
Dicas para corredores portadores do HIV
Transmissão vertical do HIV controlada
Camisinha e AIDS - Eficiência dos preservativos contra o HIV
HIV e AIDS - Qual a diferença?
HIV Positivo e sintomas da AIDS
Tratamento para HIV / AIDS
Mulher e AIDS - Orientações para mulheres com HIV
HIV e sua transmissão - Beijo, saliva, lágrimas, suor, picadas de insetos
Transmissão do HIV - Sexo oral e AIDS
Vírus HIV
Cura da AIDS e Prevenção - Pesquisas para vacina e microbicidas
Vacina para HIV / AIDS
HIV e AIDS - Você está sob risco? O que é, como se proteger e teste
Candidíase genital
Uretrite - O que é, causas, sintomas e tratamento
Cervicite - O que é, causas, sintomas e tratamento
Clamídia
Condiloma Acuminado ou Verruga Genital
Infecção HPV – Papilomavírus Humano - O que é, tratamento, sintomas, cura

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: