O que restou das Olimpíadas

Nenhum Espírito Olímpico - Como sempre, terminada as Olimpíadas ficam as desculpas esfarrapadas dos derrotados com os discursos de sempre. Na maratona nossos três atletas dois desistiram e um heroicamente seguiu até o fim. “Estava muito calor e umidade relativa do ar não era adequada”. Além disso, “não fizemos uma boa preparação”. “Eles largaram muito forte e não deu pra acompanhar” Ora bolas! Eles não sabiam que iam correr em Pequim? Não sabiam que as condições do tempo eram assim? Além do mais estava quente só para eles? Naquelas condições de tempo, temperatura e umidade relativa do ar os dois primeiros colocados fizeram tempos abaixo do recorde Olímpico. Nossos atletas foram fazer o que por lá, passear? Franck Caldeira declarou para uma emissora de televisão que faltou espírito Olímpico. Dele inclusive. Para mim só quem completou na raça teve um pouquinho desse espírito.

Psicologia Esportiva não Deixa Dúvida - Quem viu o olhar fixo da russa Yelena Isinbayeva no momento do salto com vara que lhe valeu o recorde mundial pôde perceber que ela iria conseguir. Estava concentradíssima como um animal feroz ao fixar a sua presa. O mesmo aconteceu com a nossa atleta Maurren Maggi no salto em distância e com todos os medalhista de ouro em qualquer modalidade. César Cielo momentos antes da sua prova declarou que iria vencer. Ele não disse que iria “tentar” arranjando antecipadamente uma desculpa por um possível fracasso. As meninas do vôlei superaram o trauma de 2004 quando perderam no momento em que tinham a partida quase ganha. Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo disse antes da prova. “Eu vou ganhar os 100 metros rasos”. Embora não tenha prometido, de quebra bateu o recorde mundial. O que esses atletas têm em comum? Concentração! É tudo no esporte como e na vida. 

Embora a grande maioria dos atletas reconheça a importância da psicologia colocando em cena as emoções, sentimentos, esforços, tempo e energia, constituindo um fator decisivo na disputa de uma medalha de ouro, algumas delegações, ainda não desenvolveram uma cultura nesse sentido. A única exceção é a do vôlei. O emocional de um atleta é mais determinante quando tudo está dando errado e não quando tudo vai bem. É a capacidade de superar os desafios e o imprevisto, coisa de não aconteceu com a saltadora Fabiana Murer no caso do sumiço de sua vara e o ginasta Diego Hypólito ao errar seu último exercício entrando em desespero. É também notório a falta de controle emocional da ginasta Jade Barbosa. Basta um errinho qualquer para sua expressão facial mudar completamente. Os chineses são acusados de frios, mas quando um deles compete temos a nítida sensação de que vai ganhar porque eles transmitem segurança e o primeiro lugar geral no quadro de medalhas não foi por acaso.

PUBLICIDADE

Pelé e Maradona - Eles estavam lá. Os cartolas liderados pelo Pelé defendendo a candidatura do Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas 2016. Cá entre nós. Pelé foi o maior jogador de futebol, mas cartola? Eu assisti as suas entrevistas e ele não estava nem um pouco à vontade se justificando que tem muitos compromissos no exterior e certamente não poderá estar em todas as reuniões quando o assunto for Olimpíadas 2016. Está pegando mal e “queimando” seu filme! Estava lá, sim. Defendendo seu bolso. Não sabia que o México fica na América Latina. Daqui alguns anos talvez nem saiba mais onde fica o Brasil.

PUBLICIDADE

Maradona, um ídolo argentino e legítimo representante do seu povo, estava em todas as torcidas onde o seu país estivesse suando a camisa. Estava lá por amor ao seu país e a Argentina não é candidata a nada. Enquanto Pelé...

Verba do Rio 2016 Tem Destino Certo. Certo? - Fala sério! Com tanta notícia de corrupção política alguém de sã consciência pode achar que as verbas que o Comitê Olímpico Internacional (COI) vai botar nas mãos dos políticos cheguem a seu destino caso o Rio de Janeiro, por azar, ganhe a candidatura para sediar as Olimpíadas 2016?

Cena Marcante - Para mim a cena mais marcante nas Olimpíadas foi ver a barriga da russa Yelena Isinbayeva encolher todinha na hora certa ao transpor os 5,05 metros no salto com vara. A cena seguinte foi a sua comemoração no ar ao ver o sarrafo lá em cima. Isso é que é determinação. Se fosse brasileira começaria a chorar ainda no ar.

Cartas para: lcmoraes@compuland.com.br

Para Refletir: Limitações são fronteiras criadas apenas pela nossa mente. Provérbio chinês.
Sobre a Ética: O bom senso deve ser usado juntando o conhecimento, a experiência sem ferir a ética formal. Só bom senso, só conhecimento ou só experiência parada no tempo adianta muito pouco.

PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Olimpíadas 2012 - Londres
Wenlock e Mandeville - Mascotes Olímpicos
Futebol brasileiro nas Olimpíadas de Londres 2012 - Seleção brasileira
Revezamento da Tocha Olímpica - Jogos Olímpicos de Londres 2012
Tocha Olímpica de Londres 2012
Paraolimpíadas Londres 2012 - História, esportes
Atletismo nas Olimpíadas de Londres 2012
Vôlei brasileiro nas Olimpíadas de Londres 2012 - Voleibol masculino, feminino e de praia
Cerimônia de abertura das Olimpíadas de Londres 2012
Natação nas Olimpíadas de Londres 2012
Esportes nas Olimpíadas de Londres 2012
Calendário das Olimpíadas - Jogos Olímpicos de Londres 2012
Olimpíadas 2008 - Pequim
Cultura chinesa e hábitos chineses
Beijing 2008, Peking ou Pequim?
Pequim 2008 - Protestos do Tibet
Novos Jogos na Olimpíada de Pequim - Esportes nas Olimpíadas
Países que participam das Olimpíadas de Pequim 2008
Cerimônia de abertura das Olimpíadas de Pequim 2008
Calendário das Olimpíadas - Jogos Olímpicos de Pequim 2008
Paraolimpíadas Pequim 2008
Natação nas Olimpíadas de Pequim 2008
Atletismo nas Olimpíadas de Pequim 2008
Handebol brasileiro masculino e feminino nas Olimpíadas de Pequim 2008
Vôlei brasileiro nas Olimpíadas de Pequim 2008
Futebol brasileiro nas Olimpíadas de Pequim 2008 - Seleção brasileira
Revezamento da Tocha Olímpica 2008
História das Olimpíadas
Significado da Tocha Olímpica
Atletas mais altas são as que tiveram a primeira menstruação mais tarde
Talentos olímpicos surgem na escola
Política nos Jogos Olímpicos
Medicina Tradicional Chinesa - Teoria e eficácia
Fuwa - Mascotes das Olimpíadas 2008 Pequim
Anéis Olímpicos
Política nas Olimpíadas

Créditos:
Texto copyright © 2008 por Luiz Carlos de Moraes CREF/1 RJ 003529
lcmoraes@petrobras.com.br | lcmoraes@compuland.com.br  
Leia mais artigos sobre esporte e saúde no site Notícias do Corpo

 

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  


© 1999-2017 Helio A. F. Fontes
Utilização de material original do site
Copacabana Runners - Atletismo e Maratonas