Que tal "apimentar" o Emagrecimento?

Comida Mexicana - 	James Gathany, Public Health Image Library

A capsaicina, fitoquímico que confere o gosto picante à pimenta vermelha, é o principal responsável pelas propriedades funcionais deste tempero.

Dentre essas propriedades destacam-se:

  • Dissolução de coágulos sanguíneos (uma aspirina natural);

  • Dissolução de muco dos pulmões;

  • Expectorante;

  • Descongestionante;

  • Indutor da termogênese (efeito de transformar parte das calorias dos alimentos em calor);

  • Antioxidante

  • Anti-bacteriana.

PUBLICIDADE

Além de todos os benefícios mencionados acima, pesquisas científicas mostraram que o uso da pimenta vermelha durante às refeições, proporciona ação no Sistema Nervoso Simpático com respectivo aumento da liberação de catecolaminas (noradrenalina e adrenalina) com conseqüente diminuição do apetite e da ingestão de calorias, proteínas e gorduras nas refeições seguintes. Uauuuu.... a pimenta vermelha é boa pra Saúde e ainda ajuda a emagrecer!! ;o))

A Adrenalina e a noradrenalina também são responsáveis pelo estado de alerta, daí a ingestão de pimenta estar também associada à melhora de ânimo em pessoas deprimidas.

Recomenda-se que indivíduos com problemas no trato gastrintestinal (gastrite, úlcera, hemorróidas e outros) evitem a ingestão, uma vez que a capsaicina funciona como um agente agressor das mucosas.

Saiba mais:
Dicas para emagrecer
Refluxo gastroesofágico em crianças
Hérnia de hiato ou hiatal - Sintomas, tratamento
Refluxo gastroesofágico
Gastrite
Fitoquímico  
Azia - Causas, alimentos, dieta, tratamento, antiácidos
Refluxo gastroesofágico em crianças
Hérnia de hiato ou hiatal - Sintomas, tratamento
Refluxo gastrointestinal
Câncer de estômago - O que é, fatores de risco
H. Pylori e úlcera péptica
Receita de Molho Mix de Pimenta


PUBLICIDADE




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Referências bibliográficas
1. CARPER, J. - Alimentos. O melhor remédio para a boa saúde. 14ª ed. Rio de Janeiro: Campus, 1995.
2. YOSHIOKA M, ST PIERRE S, DRAPEAU V, DIONNE I, DOUCET E, SUZUKI M, TREMBLAY A - Effects of red pepper on appetite and energy intake. Br J Nutr. 1999 Aug;82(2):115-23.
3. LIM K, YOSHIOKA M, KIKUZATO S, KIYONAGA A, TANAKA H, SHINDO M & SUZUKI M. Dietary red pepper ingestion increased carbohydrate oxidation at rest and during exercise in runners. Med. Sci. Sports Exerc., 29: 335-361, 1997.
3. CUPPARI, L. Nutrição clínica no adulto. Guias de Medicina Ambulatorial e Hospitalar. UNIFESP/Escola Paulista de Medicina. São Paulo: Manole: 2002.

Artigos Relacionados:
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

"As informações fornecidas não são individualizadas. Portanto, o nutricionista deve ser consultado antes de se iniciar um tratamento e/ou acompanhamento nutricional."

Créditos:
Texto © Por Drª Marília Fernandes
Drª Marília Fernandes elabora Planos Alimentares Personalizados. Para contratar seus serviços de consultoria nutricional entre em contato através do e-mail mariliac_fernandes@hotmail.com

Nutricionista - CRN3/1693 
Especialista em Nutrição Esportiva pelo CEMAFE/UNIFESP
Especialista em Nutrição em Saúde Pública pela UNIFESP
19 anos de experiência em Nutrição e Alimentação
Consultora Nutricional Pessoal e de Empresas nas áreas de Educação Alimentar, Qualidade de Vida e Bem Estar, Nutracêutica, Estética, Longevidade Saudável, Esportes, Marketing Alimentício e Saúde Ocupacional