Como começar a correr

Pergunta: O que uma pessoa que ainda não tem preparo físico suficiente para a corrida pode fazer para adquirir condicionamento suficiente e conseguir correr?

Resposta do Professor Carlos Gomes Ventura

O corpo precisa adaptar-se às atividades físicas antes de exigirmos um pouco mais dele.

Decidir correr, quantos quilômetros fazer, qual o ritmo a ser adotado, tipo de piso para treino - asfalto, terra, grama, terreno acidentado. Para que qualquer pessoa chegue a esse ponto é necessário um planejamento adequado, e não simplesmente fazê-lo por impulso momentâneo.

Um indivíduo que leva vida sedentária e está motivado a correr, deve tomar algumas precauções como, por exemplo, uma avaliação médica e, se possível, com um especialista da área esportiva.

Para que não haja frustração com respeito ao desempenho esperado, é aconselhável iniciar as atividades com a caminhada. E, quando a pessoa partir para um ritmo mais rápido, não deve confundir com a marcha atlética.

O físico, notadamente para os indivíduos que estão na faixa etária dos 30 aos 40 anos, não possui a mesma elasticidade que permite, com segurança, começar um exercício imediato de corrida. Quanto maior for a idade a idade e o peso, maior deve ser o período de preparação do organismo.

Por isso, andar é a maneira mais saudável e segura para se iniciar qualquer programa de corridas. Naturalmente, toda pessoa que deseja começar essa prática, nunca deve esquecer que essa atividade também é acompanhada de pequeno período para a chamada ginástica localizada (braços, pernas, abdômen) e o necessário alongamento que é feito antes e depois dos exercícios.

O programa que antecede e serve de base para o início da caminhada pode durar de duas semanas a dois meses, com intensidade variável de três a cinco sessões semanais. Após essa etapa de segurança física e psicológica, os menos jovens e os adultos (homens e mulheres) podem alinhar no pelotão de largada das corridas pedestres. 

Carlos Gomes Ventura
Telefone: (11)3686-5384 - blog: carlosventura8085.blogspot.com - e-mail: cgventura@uol.com.br

PUBLICIDADE

Livro
Manual do Corredor - A Grande Pirâmide

Manual do corredor - Carlos Ventura - clique aquiCarlos Ventura é um dos treinadores brasileiros de maior sucesso. Em seu novo livro, Carlão responde às indagações mais comuns entre nós corredores. A sabedoria de décadas de experiência do Carlão são passadas de forma simples e clara para corredores de todos os níveis de performance.
Saiba mais sobre o livro...


Resposta do treinador Nilson Duarte Monteiro

Em primeiro lugar; fazer um check-up da carcaça, para ver se está tudo no lugar, se não tem nenhuma doença congênita que possa causar algum problema irreversível.

Em segundo lugar; procurar um profissional, sério, de Educação Física para acompanhá-lo nos primeiros passos.

Em terceiro lugar; ter paciência para alcançar o efeito desejado dos exercícios.

Eu vejo muita gente que nunca fez nada na vida em matéria de exercícios, aí de uma hora para outra começar a se exercitar sem nenhum acompanhamento, simplesmente imitando o amigo que o levou a praticar exercícios. Resultado; um desastre total.

Não é só o sujeito que se exercita sem acompanhamento, tem também aqueles profissionais inescrupulosos que não estão nem aí para a saúde dos seus alunos, querem é o din-din no fim do mês, pois atendem dezenas de pessoas ao mesmo tempo, não se preocupando com a individualidade das planilhas, simplesmente passam uma receita de bolo para dezenas e que se danem. 

Bons treinos e cuidado para quem está começando.


PUBLICIDADE


Resposta do Professor Luis Tavares

Uma pessoa que não tem preparo físico suficiente para a corrida e deseja um dia em correr, deve se procurar desenvolver uma preparação lenta e com cautela justamente para não desmotivar o aluno por um treino que ele não consiga fazer.

No meu caso procuro trabalhar com meus alunos iniciantes apenas caminhadas de forma progressiva ou seja 30 minutos de caminhada em uma semana; 40 minutos de caminhada na semana seguinte e assim por diante, além da caminhada, podemos trabalhar um pouco com exercícios localizados. 

Quando esse aluno estiver bem nas caminhadas, podemos intercalar com pequenas corridinhas ou seja 5 minutos de caminhada com 2 minutos de corrida leve, intercalando até completar 40 minutos por exemplo. De acordo que o aluno for melhorando, vai diminuindo o tempo da caminhada e aumentando o tempo de corrida, até que o aluno consiga correr de forma continua.

Professor Luis Tavares
Telefone: (11)3159-8456 - e-mail: e.c.tavares@uol.com.br - site: http://www.ectavares.com.br

PUBLICIDADE

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
VO2 máximo, Limiar Anaeróbico, Ácido láctico ou lático
Guia para começar na corrida, por que correr?
Iniciando nas corridas - Guia para começar a correr
Que benefícios a corrida de longa distância trás para a saúde?
Quais são as principais dicas para quem quer começar a correr para manter a forma?
Pessoas com obesidade podem completar uma maratona?

Mais na web:
Como evitar lesões durante corrida de rua

VoltarVoltar

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: