Jogos Olímpicos - Olimpíada de Paris 1924

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Olimpíada

Em 1924 os Jogos voltaram à capital francesa seguindo o desejo do francês Barão de Coubertin, idealizador das Olimpíadas Modernas, que desejava limpar a má imagem deixada depois do vexame da Olimpíada de Paris 1900. Nesta edição, os Jogos ganharam maior destaque na imprensa com cerca de mil jornalistas presentes ao evento. Além disso, apesar da obrigatoriedade de os atletas serem absolutamente amadores, aumentou o comércio esportivo explorando produtos com a marca das Olimpíadas.

Os destaques

O americano Johnny Weissmuller era uma criança raquítica a qual começou no esporte por recomendação médica. O resultado foi extraordinário e a criança lenta e descoordenada cresceu e atingiu 1,90 metros de altura e 85 kg. E muito mais do que isso, Weissmuller tranformou-se num dos maiores nadadores de todos os tempos. Na Olimpíada de Paris ele ganhou o ouro nos 100 e 400 metros livres e no revezamento 4x200m. Weissmuller ainda repetiria o sucesso nos Jogos Olímpicos de Amsterdã 1928 conquistando mais 2 medalhas de ouro. Quando se preparava para sua terceira Olimpíada, Weissmuller aceitou fazer um anúncio comercial, o que acabaria com sua carreira como esportista. Depois disso, o atleta continuou no caminho da fama em Hollywood representando o papel de Tarzan, o Rei das Selvas.

A participação brasileira

O Brasil esteve representado por 4 atletas mas não conquistou nenhuma medalha.

Curiosidades

Carruagens de Fogo, que ganhou o Oscar de melhor filme em 1981, teve sua história baseada na Olimpíada de Paris 1924.

Resumo:
Nações participantes: 44
Atletas: 3.032 (2.956 homens, 136 mulheres)
Esportes: 19

PUBLICIDADE


Quadro de Medalhas:

País

Ouro Prata Bronze Total

Estados Unidos

45 27 27 99

França

13 15 10 38

Finlândia

14 13 10 37

Grã-Bretanha

9 13 12 34

Suécia

4 13 12 29

Suíça

7 8 10 25

Itália

8 3 5 16

Bélgica

3 7 3 13

Noruega

5 2 3 10

Países Baixos

4 1 5 10

Tchecoslováquia

1 4 5 10

Dinamarca

2 5 2 9

Hungria

2 3 4 9

Austrália

3 1 2 6

Argentina

1 3 2 6

Estônia

1 1 4 6

Áustria

0 3 1 4

Canadá

0 3 1 4

África do Sul

1 1 1 3

Polônia

0 1 1 2

Uruguai

1 0 0 1

Portugal

0 0 1 1

Romênia

0 0 1 1

Haiti

0 0 1 1

Nova Zelândia

0 0 1 1

Japão

0 0 1 1

Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Olimpíadas 2012 - Londres
Wenlock e Mandeville - Mascotes Olímpicos
Futebol brasileiro nas Olimpíadas de Londres 2012 - Seleção brasileira
Revezamento da Tocha Olímpica - Jogos Olímpicos de Londres 2012
Tocha Olímpica de Londres 2012
Paraolimpíadas Londres 2012 - História, esportes
Atletismo nas Olimpíadas de Londres 2012
Vôlei brasileiro nas Olimpíadas de Londres 2012 - Voleibol masculino, feminino e de praia
Cerimônia de abertura das Olimpíadas de Londres 2012
Natação nas Olimpíadas de Londres 2012
Esportes nas Olimpíadas de Londres 2012
Calendário das Olimpíadas - Jogos Olímpicos de Londres 2012
Olimpíadas 2008 - Pequim
Cultura chinesa e hábitos chineses
Beijing 2008, Peking ou Pequim?
Pequim 2008 - Protestos do Tibet
Novos Jogos na Olimpíada de Pequim - Esportes nas Olimpíadas
Países que participam das Olimpíadas de Pequim 2008
Cerimônia de abertura das Olimpíadas de Pequim 2008
Calendário das Olimpíadas - Jogos Olímpicos de Pequim 2008
Paraolimpíadas Pequim 2008
Natação nas Olimpíadas de Pequim 2008
Atletismo nas Olimpíadas de Pequim 2008
Handebol brasileiro masculino e feminino nas Olimpíadas de Pequim 2008
Vôlei brasileiro nas Olimpíadas de Pequim 2008
Futebol brasileiro nas Olimpíadas de Pequim 2008 - Seleção brasileira
Revezamento da Tocha Olímpica 2008
História das Olimpíadas
Significado da Tocha Olímpica
Anéis Olímpicos
Fuwa - Mascotes das Olimpíadas 2008 Pequim
Paris - Onde correr, turismo, pontos turísticos e fotos

VoltarOlimpíadas

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

 © 1999-2017 Helio A. F. Fontes
Copacabana Runners - Atletismo e Maratonas