Linhaça e óleo de linhaça

Uso da linhaça e óleo de linhaça na fitoterapia

A linhaça (Linum usitatissimum ) é mais comumente usada como laxantes, e também utilizada para ondas e calor e dor no seio. Óleo de linhaça é usado para condições de saúde diferentes, como artrite. Tanto a semente de linhaça como o óleo de linhaça têm sido utilizados para colesterol alto e no esforço de prevenir câncer.

PUBLICIDADE

Como da linhaça e óleo de linhaça são usados na fitoterapia

As sementes de linhaça inteiras ou esmagadas podem ser misturadas com água ou suco e tomadas oralmente. A semente de linhaça também está disponível em forma de pó. Óleo de linhaça é disponível em forma líquida ou em cápsulas.

O que a ciência diz sobre a linhaça e o óleo de linhaça

A semente de linhaça contém fibras solúveis, que são laxantes eficientes. Estudos de preparações com linhaça para abaixar o colesterol tiveram resultados variados. Alguns estudos sugerem que o ácido alfa-linolênico, encontrado na semente de linhaça e óleo de linhaça, poderia beneficiar pessoas com doença cardíaca. Porém, não há quantidade suficiente de dados confiáveis para determinar se a linhaça é efetiva para tratar condições cardíacas. Estudos sobre o uso da linhaça para ondas de calor mostraram resultados variados.

PUBLICIDADE

Efeitos colaterais e precauções no uso da linhaça e óleo de linhaça

Os suplementos de linhaça e óleo de linhaça parecem ser bem tolerados. Poucos efeitos colaterais têm sido relatados. Linhaça, como qualquer suplemento fonte de fibras, deve ser tomada com água suficiente, ou poderá piorar a constipação e em casos raros causar bloqueio intestinal. A fibra na linhaça pode diminuir a capacidade do organismo absorver medicamentos tomados oralmente. Pessoas usando linhaça como fitoterápico devem informar isso ao médico.

PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Laxantes
Fibras Alimentares - Alimentos ricos em fibra alimentar
Dieta da Linhaça para Emagrecer
Nove alimentos tops para retardar o envelhecimento

Fitoterápicos:
Alho
Açaí
Advantra Z - Sinefrina e Laranja-amarga (Citrus aurantium)
Arnica
Alcachofra 
Hoodia gordonii - Efeitos colaterais, Anvisa, emagrece?
Aloína
Aloe Vera 
Astragalus
Babosa
Boldo  
Bromelaína e bromelina
Borragem
Chá preto
Chá de hibisco
Chá branco
Chá verde na fitoterapia - Emagrecer, baixar colesterol e tratar câncer
Chá Verde - Benefícios à Saúde
Cravo-da-Índia
Camomila
Cáscara Sagrada
Catuaba e marapuama
Cavalinha
Centella asiática
Crataegus
Cogumelo do sol
Cúrcuma
Chlorella
Cimicifuga
Dente de leão
Erva Mate - Benefícios, emagrece?
Erva-cidreira
Equinácea
Erva-doce
Erva de São João
Efedra
Extrato de semente de uva
Espinheira Santa
Faseolamina e Cassiolamina
Feno-grego
Fucus vesiculosus
Garcínia Cambogia
Gymnema sylvestre
Gengibre 
Ginkgo Biloba
Ginseng
Ginseng Brasileiro
Guaraná
Kava Kava
Hoodia para emagrecer
Lavanda
Mirtilo
Levedo de cerveja
Menta ou Hortelã
Sementes de Linhaça
Maracujá 
Óleo de Prímula
Sene
Spirulina
Soja na fitoterapia
Serenoa repens
Valeriana
Unha de Gato
Suco de Noni
Vitex
Polifenóis, carotenos e fitonutrientes
Fitoterapia
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © 2009, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Center for Complementary and Alternative Medicine