Transplante de medula óssea

Monócitos produzidos na medula óssea - CDC/ Dr. Mae Melvin

O que é a medula óssea

A medula óssea é uma substância parecida com gelatina nas cavidades dos ossos que contém células tronco hematopoiéticas (formadoras de sangue), geralmente chamadas simplesmente de "células tronco". Essas células são críticas para a vida porque produzem continuamente células sanguíneas vermelhas que transportam oxigênio; células sanguíneas brancas que ajudam a combater infecções, e plaquetas que agem como coagulantes para interromper sangramentos.

Para que servem os transplantes de medula óssea

PUBLICIDADE

Os transplantes de medula óssea ajudam a curar doenças que interferem na produção de qualquer um desses tipos de células. Essas doenças incluem leucemia, doença de Hodgkin e outros linfomas (cânceres do sistema linfático). 

Para pessoas com leucemia mielóide, uma forma comum de leucemia, células brancas anormais enchem a medula óssea, entram na corrente sanguínea, e podem invadir outros órgãos e tecidos. Transplantes de medula óssea também podem ajudar pacientes com condições não-cancerígenas caracterizadas pela deficiência na produção de células sangüíneas, como anemia aplástica e desordens hereditárias no sistema imunológico.

Doenças que afetam a produção de células sanguíneas na medula são difíceis de curar com tratamento tradicional. A quimioterapia e radioterapia destroem não somente as células anormais, mas também as normais. 

PUBLICIDADE

O transplante de medula óssea permite ao médico tratar pacientes com dose elevada de terapia, matando efetivamente todas as células na medula óssea, e então substituir a medula óssea danificada por uma sadia.

Médicos também têm usado transplantes de medula óssea em tratamentos experimentais de pacientes com tumores cancerígenos sólidos, como o de mama e testículos por exemplo, que requerem tratamento agressivo com altas doses de medicamentos tóxicos. Nesse caso, o transplante de medula óssea é usado para tentar "salvar" o paciente das altas doses de quimioterapia necessárias para destruir o câncer, a qual também destrói a medula óssea.

Saiba mais:
Leucemia - o que é, sintomas, tipos, causas, tratamento
Causas da anemia e fatores de risco
Quimioterapia - O que é, tipos
Radioterapia
Quimioterapia e efeitos colaterais
Células tronco e cura da calvície
Uso de células tronco
Síndromes de falhas herdadas de medula óssea
Anemia de Fanconi
Mieloma Múltiplo - O que é, fatores de risco, sintomas e tratamento


PUBLICIDADE




Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


 
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: © Helio Augusto F. Fontes
Texto: FDA - The Food and Drug Administration