Doença arterial coronariana - Tratamento

Coração - Mikael Häggström, domínio público

Como é o tratamento de doença arterial coronariana

O tratamento para doença arterial coronariana pode incluir mudanças no estilo de vida, medicamentos e procedimentos médicos. Os objetivos do tratamento são:
* Aliviar os sintomas.
* Reduzir os fatores de risco em um esforço para interromper ou reverter o acúmulo de placa.
* Diminuir o risco de coágulos sanguíneos.
* Alargar ou desviar artérias obstruídas.
* Prevenir complicações da doença arterial coronariana.

PUBLICIDADE

Mudanças no estilo de vida

Fazer mudanças no estilo de vida freqüentemente pode tratar ou prevenir doença arterial coronariana. Para algumas pessoas, essas mudanças podem ser o único tratamento necessário.

Dieta saudável para tratamento de doença arterial coronariana

Uma dieta equilibrada é parte importante para estilo de vida saudável. Seguir uma dieta saudável pode prevenir ou reduzir o risco de pressão alta, colesterol alto e ajudar a manter um peso saudável.

O médico pode recomendar um programa de três partes que inclui dieta saudável, atividade física e controle do peso. Nesse programa, menos de 7% das calorias diárias vem de gordura saturada. Esse tipo de gordura é encontrado em algumas carnes, laticínios, chocolate, frituras e alimentos processados. Não mais do que 25-35% das calorias diárias devem vir de todos os tipos de gorduras, incluindo trans, monosaturada e polinsaturada. Também deve-se ingerir menos de 200mg de colesterol diariamente.

Alimentos ricos em fibras solúveis também são parte de uma dieta saudável. Eles ajudam a prevenir que trato digestivo absorva muito colesterol. Esses alimentos incluem cereais integrais, frutas, legumes e verduras.

PUBLICIDADE

Uma dieta rica em frutas e verduras pode elevar componentes importantes para abaixar o colesterol. Esses componentes, chamados esteróis, funcionam similarmente às fibras. 

Uma dieta saudável também inclui alguns tipos de peixe, como salmão, atum, sardinha e cavalinha. Esses peixes são boa fonte de Omega-3, um ácido graxo que pode ajudar a proteger o coração de inflamações e coágulos sanguíneos, além de reduzir o risco de ataque cardíaco. Tente fazer duas refeições com peixe semanalmente.

Você também deve tentar limitar a quantidade de sal ingerida. Além disso, limite a quantidade de bebidas com álcool. Muito álcool pode elevar a pressão sanguínea e níveis de triglicerídeos. Álcool também adiciona calorias extras, as quais ocasionam ganho de peso. Homens não devem ingerir mais de 2 drinks por dia, e mulheres não mais de 1 drink por dia. Um drink é uma taça de vinho, copo de cerveja ou pequena quantidade de licor.

Seu médico pode lhe recomendar a dieta DASH. Você pode obter mais informações no artigo Dieta DASH.

Atividade física para tratamento de doença arterial coronariana

Atividade física rotineira pode diminuir muitos fatores de risco para doença arterial coronariana, incluindo colesterol LDL, pressão alta e excesso de peso. Atividade física também pode diminuir o risco para diabetes e elevar os níveis de HDL (colesterol bom que ajuda a prevenir doença arterial coronariana).

Converse com seu médico antes de começar um novo programa de exercícios físicos. Pergunte a ele a quantidade e tipos de atividade física que são seguros para você. Já é possível obter benefícios de somente 60 minutos semanais de atividade física aeróbica de intensidade moderada. Quando mais ativa fisicamente for a pessoa, mais ela se beneficiará.

Manter um peso saudável

Conseguir manter um peso saudável pode diminuir o risco de doença arterial coronariana. Um objetivo geral é conseguir IMC menor que 25. O IMC mede seu peso em relação à altura, e dá estimativa da sua gordura corporal total.

Utilize a ferramenta abaixo para calcular o seu IMC:

Sua altura:mcm. Seu peso:Kg 
O seu Índice de Massa Corporal é: 

Segundo a O.M.S., o índice normal é entre 18.5 e 25
Então, para sua altura o peso ideal é entre:
Javascript de copacabana runners

Um IMC entre 25 e 29,9 é considerado sobrepeso. IMC de 30 ou mais é considerado obesidade. IMC menor que 25 é o objetivo para prevenir e tratar doença arterial coronariana. Seu médico o pode ajudar a estabelecer o IMC ideal para você.

Parar de fumar

Se você fuma, pare de fumar. O fumo pode elevar seu risco para doença arterial coronariana e ataque cardíaco, além de piorar outros fatores de risco. Converse com seu médico sobre programas e produtos para o ajudar a parar de fumar. Também procure evitar o fumo passivo.

Controlar o estresse

Pesquisas mostram que o gatilho mais comumente reportado para ataque cardíaco é um evento que abala a pessoa emocionalmente, particularmente envolvendo raiva. Além disso, algumas formas como as pessoas aliviam o estresse (como fumar, beber e comer demais), não são saudáveis.

Aprender como controlar o estresse, relaxar e administrar os problemas pode beneficiar sua saúde física e emocional. Ter pessoas que o apóiam e com quem possa compartilhar seus sentimentos e preocupações pode ajudar a aliviar o estresse. Atividade física, medicamentos, e terapia de relaxamento também podem ajudar a aliviar o estresse.

Medicamentos no tratamento de doença arterial coronariana

O paciente pode precisar de medicamentos se mudanças no estilo de vida não forem suficientes. Os medicamentos podem:
* Reduzir a carga de trabalho do coração e aliviar os sintomas da doença arterial coronariana.
* Diminuir as chances de ter um ataque cardíaco ou morte súbita.
* Abaixar o colesterol e pressão sanguínea.
* Prevenir coágulos sanguíneos.
* Prevenir ou postergar a necessidade de cirurgia ou procedimentos médicos (por exemplo, angioplastia ou ponte de safena).

Medicamentos usados no tratamento de doença arterial coronariana incluem anticoagulantes, aspirina, inibidores de ACE, beta bloqueadores, bloqueadores do canal de cálcio, nitroglicerina, glicoproteína IIb-IIIa, estatinas, e óleo de peixe ou outro suplemento rico em ômega-3.

Cirurgia e procedimentos médicos no tratamento de doença arterial coronariana

O paciente pode necessitar passar por cirurgia ou procedimento médico para tratar doença arterial coronariana.

Angioplastia.
Esse é um procedimento não cirúrgico que abre artérias coronárias bloqueadas ou estreitadas. Um tubo fino e flexível com um balão ou outro aparelho no final é inserido através de um vaso sanguíneo até a artéria coronária estreitada ou bloqueada. Uma vez no local, o balão é inflado para comprimir a placa contra a parede da artéria. Isso restaura o fluxo sanguíneo através da artéria.

Ponte de safena.
Esse é um tipo de cirurgia na qual artérias ou veias de outras partes do corpo são usadas para criar um desvio pelas artérias coronárias estreitadas. Essa cirurgia pode melhorar o fluxo sanguíneo ao coração, aliviar a dor no peito, e possivelmente prevenir ataque cardíaco.

Saiba mais:
Síndrome metabólica - Tratamento
Síndrome metabólica - Causas, sinais e sintomas
Síndrome metabólica
Doença arterial coronariana - Sinais e Sintomas
Doença arterial coronariana - Diagnóstico
Doença arterial coronariana - Causas
Doença arterial coronariana
Doença das artérias coronárias
Doença das artérias coronárias e ataque cardíaco em mulheres - Fatores de risco
Doenças cardíacas - Prevenção de doença cardíaca e seus tipos
Doenças cardiovasculares


PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Créditos:
Tradução: copyright © 2011 por Helio Augusto Ferreira Fontes
Texto: National Heart Lung and Blood Institute