Desmotivação para correr - Parte II

Na semana passada vimos algumas características da desmotivação e que ela pode ocorrer em qualquer pessoa. Hoje vamos ver algumas dicas de como sair dessa situação.

Equilíbrio - Em primeiro lugar é preciso analisar se a vida pessoal e profissional está ou não em equilíbrio. Está feliz no trabalho, de bem com os colegas e o chefe? E em casa? O cônjuge, os filhos e os parentes estão lhe causando preocupações? É preciso resolver um problema de cada vez e usar o próprio esporte para intermediar cada situação.

Dormir bem - Se você não anda dormindo muito bem, também não treina direito. A desmotivação costuma vir acompanhada de insônia. Nesse caso é preciso descobrir a causa da insônia e tentar administrar. Existem alguns artifícios que podem ajudar a controlar a insônia que é tentar não dormir durante o dia, no jantar comidas leves à base de carboidratos e respeitar a digestão antes de deitar.

A saúde - Como andam os exames periódicos? Estão em dia? Estão normais? Uma das causas da desmotivação podem ser estresse e desnutrição gerados por longo período de treino. Nesse caso também é melhor descansar fazendo outras atividades sem compromisso com performance.

PUBLICIDADE

Mudar a Rotina - Se os exames clínicos não acusaram nenhuma deficiência procure mudar a rotina de treinamento deixando de correr nos mesmos lugares. Se não tiver outro jeito faça o percurso ao contrário. Se você é dos que fazem treinamento na esteira durante a semana mude as músicas que ouve e a planilha estabelecendo novas metas de velocidades, distância ou resistência. A esteira, ao contrário do que muita gente imagina oferece inúmeras possibilidades de variação de treino. Os de subida, por exemplo é uma boa forma de mudar e autodesafiar.

Procure um parceiro - Eu sei que é difícil, mas nessa hora faça um esforço de treinar ao lado de pessoas de bem com a vida, pessoas com alto astral e que tenha velocidade parecida com a sua. Mesmo que não corra com o mesmo empenho o relacionamento interpessoal agora é o mais importante e a cabeça fica melhor. Depois toma-se um suco, água de coco ou mesmo uma cervejinha e tudo bem. 

Ouça quem gosta de você - Todo mundo tem à sua volta as pessoas que torcem a favor e contra. Cada um sabe distinguir quem tem boas e más intenções. Direcione seus ouvidos para os amigos fiéis que são poucos, mas existem.

A Vitória é Relativa - Você não precisa ganhar a corrida nem ser atleta de elite para obter a vitória. Ela é pessoal. Quem traça metas viáveis, persegue e chega até elas já é um vencedor. Essa sensação de vitória pessoal é indescritível.

PUBLICIDADE

Acredite - Acreditar no seu potencial é muito importante e cada um tem motivos de sobra para fazer isso. Todo mundo em algum momento da vida já passou por situações que levaram ao sucesso seja no trabalho, na vida amorosa, ou na conquista de bem material. Só vem para quem acredita.

Vitória e Sucesso - São duas situações que podem não significar a mesma coisa. Nem sempre a vitória vem acompanhada do sucesso porque o sucesso só vem para quem faz por merecer, é perseverante, luta para conseguir e passa por cima dos obstáculos. Vencer uma prova em que todos são muito fracos não significa absolutamente nada. Corredor que escolhe prova fraca só para dizer que ganhou não tem graça nenhuma. Ganhou de quem? Já a derrota pode ter sabor de vitória. É quando você perde para quem de qualquer jeito chegaria na sua frente desde que você tenha a consciência que realmente se preparou da melhor forma possível sem esmorecer e sem cometer nenhum erro.

Comemore - Todo e qualquer resultado positivo deve ser comemorado por menor que seja. Se você previu completar os 10 km em 50 minutos mas fez em 55, comemore. Você chegou bem à frente de quem desistiu ou nem tentou.

Auto-afirmação - Visualize a vitória mas não deixe de treinar. As chances de vencer estarão mais próximas se treinar adequadamente o físico e a mente. A gente não corre só com as pernas. É com a cabeça também. 

Só depende de cada um - Por fim, todas essas dicas para sair da desmotivação não adiantarão absolutamente nada se o indivíduo desmotivado não quiser. Eventualmente ficar triste é normal. Ficar sempre assim é doença. Afinal, segundo uma teoria taoista são bem recebidos pelo sucesso quem se identifica com o sucesso. São igualmente bem recebidos pelo fracasso quem se identifica com o fracasso.

Cartas para: lcmoraes@compuland.com.br

Para Refletir: Arrepender-se dos maus atos e pedir desculpas sinceras é uma das atitudes mais nobres e evoluídas do ser humano. Quem se arrepende mas não consegue evoluir a tal ponto prefere se esconder atrás de um álibi fútil. Moraes 2009.
Sobre a Ética: O comportamento ético é uma das virtudes mais democráticas do ser humano, pois não exige diploma nem casta social. Apenas educação. Moraes 2009.

PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Correr na rua com segurança - A logística Antes e Durante o Treino
Correndo na rua com segurança
Disciplina para correr: "Eu sou o comandante da minha alma"
Mulheres e Músculos - Musculação Feminina e Vigorexia
Musculação para a criança e adolescente
Teste dinâmico na barra fixa para mulheres nos concursos precisa ser revisto
Musculação feminina - Benefícios para a mulher

Suplementos Protéicos X BCAA
Suplementos para bodybuilding e musculação
Anabolizantes
EPO - Eritropoietina - doping por hormônio sintético
Overtraining
Malhar com personal - Vantagens e possíveis desvantagens
Personal Trainer
Trabalho, família e o exercício físico em sintonia
Excesso de malhação pode causar problemas de saúde
Exercício sem dor, melhor, mais completo, máquinas sem esforço
Atletas de final de semana - Lesões de fim de semana
Exercícios para pernas para corredores
Pular corda emagrece, queima calorias e engrossa as pernas?
Ficar em forma sem frescura
Exercício irregular
Malhar não precisa complicar
Por onde anda a autenticidade - Padrões de beleza e imagem interior
Diminuir peso e a corrida
Aptidão física para atividade esportiva
Espelho na academia
Correr descalço não garante vida esportiva mais longa
Ano novo é tudo como dantes no quartel de abrantes - Promessas
Temos muito a comemorar e construir no dia do profissional de educação física
Postura ética do dono da academia
Postura ética da secretária de academia
Atividade física muito democrática e acessível
Setembro é o mês da esperança e da reflexão na educação física
O profissional de educação física é mais do que um simples educador
Profissional de Educação Física - Comunicar é preciso
Professor de educação física não precisa ser atleta mas precisa dar exemplo de postura
Fazer exercício com música pode ser muito bom ou um inferno
Quanto custa a hora aula de professor de Educação Física - Quanto vale um profissional
Professor de Educação Física - Doze Virtudes
Corridas de longas distâncias e mercado antropofágico
Motivação para treinar
Dinâmicas de Grupo e Atividades Recreativas para Crianças e Adolescentes
Hábitos de vida saudável
Vencer a si mesmo no esporte
Criança esperta não engorda e nem vira adulto problema
Criança não é adulto em miniatura para fazer musculação - Treinamento de força
Psicomotricidade das crianças
Treinamento aeróbio das crianças
Motivação para exercício físico
Desmotivação para correr - Síndrome de Burnout
O que fazer quando o gás para a corrida acaba - Exercícios e séries
Correr forte antes da musculação não atrapalha o treino dos braços e tronco
O que fazer quando o gás para a corrida acaba - Musculação

Créditos:
Texto copyright © 2009 por Luiz Carlos de Moraes CREF/1 RJ 003529
lcmoraes@petrobras.com.br | lcmoraes@compuland.com.br  
Leia mais artigos sobre esporte e saúde no site Notícias do Corpo

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar: