Reposição hormonal e risco de câncer de mama

Como a reposição hormonal influi no risco de câncer de mama e na chance de sobrevivência?

Em 2002, o estudo WHI (Women's Health Initiative) concluiu que combinar estrogênio e progestina aumenta o risco de câncer de mama invasivo. Depois de um acompanhamento médio de 5,2 anos, o estudo encontrou um aumento de 26% no risco de câncer de mama entre as mulheres usando hormônios comparado com as que tomaram placebo. Esse aumento totalizou 8 casos adicionais de câncer de mama para cada 10.000 mulheres tratadas em um ano comparadas com 10.000 que não usaram hormônios (2).

Depois de um acompanhamento médio de 5,6 anos, uma análise mais detalhada dos resultados do WHI mostraram que, entre as que usaram estrogênio mais progestina, o câncer de mama era um pouco maior (1,7cm versus 1,5cm) e em estágios mais avançados comparados com os cânceres em mulheres tomando placebo. Entre as mulheres tomando hormônios, 25,4% dos cânceres espalharam para fora dos seios para órgãos próximos ou nodos linfáticos, comparados com 16% em mulheres que não usaram hormônios (11). A parte do estudo da WHI que inclui um ensaio com 11.000 participantes tomando apenas estrogênio deve terminar em 2005, e irá prover evidências sobre os efeitos desse hormônio no risco de câncer de mama. 

Estudos de observação também indicam um aumento no risco de câncer de mama entre as mulheres que usam hormônios. Uma análise de 1997 de mais de 90% dos estudos sobre câncer de mama mostrou um aumento de risco nas mulheres que utilizaram a reposição hormonal por 5 anos ou mais. A maioria das mulheres incluídas nesses estudos usavam somente estrogênio; porém, as que usaram estrogênio mais progestina parecem ter um risco de alguma forma maior do que as que tomaram somente estrogênio (12). A elevação no risco foi vista não somente nas que estão usando hormônios, mas também em mulheres que interromperam a terapia em alguma época nos 4 anos anteriores. O aumento do risco não foi visto em mulheres que interromperam a terapia de reposição hormonal há mais de 4 anos.

Estudos de observação adicionais suportam as conclusões que o uso de hormônios está associado à elevação no risco de câncer de mama, sendo que o maior risco está entre as mulheres que tomam estrogênio mais progestina (13, 14, 15). No Million Women Study, pesquisadores britânicos descobriram que uso corrente de estrogênio, estrogênio mais progestina, ou outras preparações hormonais, aumentam significativamente o risco de mulheres entre 50 e 64 anos desenvolverem câncer de mama. As mulheres que usam estrogênio mais progestina têm risco maior do que as que tomam outras preparações hormonais. As que estão atualmente tomando hormônios também têm maior probabilidade de morrer de câncer de mama do que as que não usam hormônios. Dentro de em torno de 5 anos depois de interromper o uso de hormônios, a elevação do risco desaparece (13).

PUBLICIDADE


Perguntas e respostas sobre reposição hormonal na menopausa


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Câncer, hormônios, placebo, estrogênio
Quimioterapia - O que é, tipos
Radioterapia
Quimioterapia
Dicas para evitar o câncer
Mastalgia - Dor nos Seios
Mamografia - o que é, informações sobre mamografias
Seios caídos e corrida
Síndromes de falhas herdadas de medula óssea
Transplante de medula óssea
Lesão medular - História do tratamento
Lesão medular
Tratamento imediato para lesão na medula espinhal por trauma na coluna
Reabilitação e fisioterapia para pessoas com lesão na medula espinhal por trauma na coluna
Tetraplegia tem cura? Pesquisas para lesão na medula espinhal
Trauma na coluna - O que acontece quando há lesão na medula espinhal
Lesão na coluna cervical e medula espinhal - Conseqüências
Medula espinhal
Trauma na medula espinhal - Traumatismo, compressão e cura para tetraplégicos e paraplégicos
Espinha bífida oculta, meningocele e mielomeningocele - Malformação da coluna espinhal
Tetraplegia e Paraplegia - Causas e complicações em pessoas tetraplégicas e paraplégicas
Lesão na medula espinhal em garotas
Lesão na medula espinhal - Acidente de carro e paralisia
Lesão na medula espinhal
Células tronco - Fontes alternativas
Uso de células tronco
Doação de medula óssea - Tornando-se um doador
Derrame Pleural - O que é, diagnóstico, tratamento
Câncer Pulmonar - Tratamento
Câncer Pulmonar - Sintomas e Diagnóstico
Câncer Pulmonar - O que é, tipos, causas e prevenção
Câncer de Pulmão
Metástase - O que é câncer metastático e tratamento
Quadrantectomia e mastectomia - Cirurgias para câncer de mama
Cirurgia de reconstrução de mama - Reconstrução mamária com implante e com expansor de tecidos
Câncer de mama - Fatores de risco
Câncer de Mama - diagnóstico e tratamento
Pílula anticoncepcional eleva risco de trombose
Câncer de endométrio
Camisinha feminina ou preservativos femininos
Preservativo masculino
Violência e abuso sexual
Camisinha masculina
Pílula anticoncepcional
Anel Vaginal Contraceptivo
DIU - Dispositivo Intrauterino
Educação Sexual
Puberdade precoce masculina e feminina - Causas, sinais, tratamento
Como beijar de língua - Técnicas e dicas de como beijar na boca
Sarcoma de Kaposi epidêmico e AIDS
Sarcoma de Kaposi - Diagnóstico e tratamento
Coito Interrompido
Métodos anticoncepcionais - Contraceptivos e informação
Reconstrução mamária
Pílula do dia seguinte - Efeitos colaterais
Pílula do dia seguinte e Contracepção de emergência
Consumo de cálcio na gestação e amamentação
Gravidez - Terceiro trimestre de gestação
Gravidez - Segundo trimestre de gestação
Gravidez - Primeiro trimestre
Parto prematuro e Bebê prematuro
Cesariana - Epidemia do parto cesáreo
Laqueadura - Esterilização e Reversão
Aparelhos celulares - Radiação e perigos à saúde
Leucemia linfóide aguda em crianças - Tratamento
Leucemia linfóide aguda em crianças
Leucemia mielóide aguda
Causas da leucemia e fatores de risco
Sintomas da leucemia e diagnóstico
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos

Créditos:
National Cancer Institute
Tradução: © Hélio Augusto Ferreira Fontes

VoltarVoltar a mulher corredora

Use essa ferramenta abaixo pesquisar nesse site:  

Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

© 1999-2017 Helio A. F. Fontes
Utilização de material original do site
Copacabana Runners - Atletismo e Maratonas