Anemia Falciforme

PUBLICIDADE

Também conhecida como drepanocitose ou siclemia, a anemia falciforme é uma doença congênita que afeta o sangue. "A principal característica é a destruição das hemácias (glóbulos vermelhos) e obstrução dos pequenos vasos sanguíneos, o que pode gerar um quadro de sérias infecções, cardiopatias, problemas na retina, alterações renais, entre outros problemas", explica o hematologista Sandro Melim, do Exame Medicina Diagnóstica/DASA. O especialista afirma ainda que o paciente com anemia falciforme geralmente tem expectativa de vida curta, mesmo quando o quadro clínico é controlado.

O paciente que apresenta anemia falciforme tem as hemácias em formato de foice - daí vem o nome do distúrbio. "Essas hemácias, por resistirem menos tempo na corrente sanguínea do que uma hemácia normal, provocam uma anemia crônica", explica Dr. Melim. Na prática, os sintomas provocados são extremamente incômodos, como fraqueza, fadiga, palidez, artralgias, dores ósseas e vertigens constantes. Além disso, a doença atinge diretamente o baço, órgão importante para os mecanismos de defesa do organismo contra bactérias.

Para o hematologista, a forma mais adequada de combater a patologia é realizando o aconselhamento genético, onde poderão ser identificados possíveis genes defeituosos do casal. Algumas pessoas são caracterizadas pelo traço falcêmico, ou seja, só possuem um gene com problema e não apresentam, necessariamente, os sintomas.

Os exames para detecção de anemia falciforme ou traço falcêmico são recomendados para todas as pessoas que apresentam anemia crônica, histórico familiar de anemia ou diagnóstico de anemia falciforme. Embora qualquer pessoa possa estar susceptível, a doença é mais freqüente em pessoas de origem africana e afro-descendentes. Dr. Melim explica que é preciso fazer uma avaliação da história clínica do indivíduo e um exame físico detalhado.

PUBLICIDADE

Também é fundamental a realização de um hemograma completo, que pode revelar quadro de anemia. Mas o exame chamado eletroforese de hemoglobina é que identifica se uma pessoa pode ou não ter a alteração dos genes envolvidos na doença. "No caso do casal apresentar genes falcêmicos, a recomendação é que não tenham filhos, pois as chances do bebê apresentar a doença são muito grandes", conclui o hematologista.

Sobre o Laboratório Exame - Desde 1975 no mercado de Brasília, o laboratório Exame oferece os melhores serviços na área de Medicina Laboratorial. Hoje com 19 unidades no Distrito Federal sendo duas funcionando 24 horas e uma delas aberta ao público. O Exame conta com uma equipe especializada de médicos patologistas clínicos e profissionais qualificados, entre eles farmacêuticos, bioquímicos, biólogos e biomédicos, para prestar apoio e consultoria a pacientes e médicos. Em 2006, o Instituto Datafolha confirmou que o laboratório Exame - marca da Diagnósticos da América - DASA S/A. é o laboratório preferido dos médicos do DF: 91% deles indicam o Laboratório Exame.

Sobre a DASA - A Diagnósticos da América S/A é a maior empresa de medicina diagnóstica da América Latina em termos de receita bruta e população e a quinta maior rede do mundo. Em 2007 apresentou receita bruta de R$ 930,7 milhões. Com cerca de 10 mil colaboradores, atende aproximadamente 55 mil pacientes por dia em 297 unidades. Oferece três mil tipos de exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem. Atualmente, o grupo é formado por 17 marcas em onze estados - Delboni Auriemo e Lavoisier, em São Paulo; Bronstein, Med Imagem e Lâmina, no Rio de Janeiro; Club DA, em São Paulo e Rio de Janeiro; Pasteur e Exame, em Brasília; MedLabor, em Brasília e Tocantins; Curitiba Santa Casa e Frischmann Aisengart, em Curitiba; Laboratório Álvaro, em Cascavel e Foz do Iguaçu; CientíficaLab, no Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro; Image Memorial, em Salvador; VITA Lâmina, em Florianópolis; Atalaia, em Goiás; e LabPasteur, em Fortaleza.

PUBLICIDADE


Gostou desse artigo? Então você pode recomendá-lo com o Google +1:


Artigos relacionados:
Anemia ferropriva - deficiência de ferro
Leiomioma de Útero - Mioma uterino
O que é hemofilia tipo A
Leucemia - o que é, sintomas, tipos, causas, tratamento
Ferro para corredores
Tabela de vitaminas
Pirâmide alimentar - Dieta saudável equilibrada e balanceada
Proteínas e Aminoácidos - Proteína vegetal x Proteína animal na dieta
Eritropoietina
Testosterona
Vitamina B12 e ácido fólico
O que é hipertensão pulmonar
Causas e Sintomas da Hipertensão Pulmonar
Leucemia linfóide aguda em crianças - Tratamento
Leucemia linfóide aguda em crianças
Leucemia mielóide aguda
Causas da leucemia e fatores de risco
Sintomas da leucemia e diagnóstico
Tratamento para leucemia
Leucemia - O que é, tipos
Leucócitos e Leucopenia
Hemograma - Decifrando o exame de sangue
Doping e testes anti-doping
Síndrome das Pernas Inquietas
Talassemia
Doar sangue e treinamentos
Anemia Ferropriva - O que é
Anemia Ferropriva - Causas
Anemia Ferropriva - Sintomas e sinais
Anemia Ferropriva - Tratamento
Anemia ferropriva na infância
Anemia Ferropriva - Diagnóstico
Anemia perniciosa ou megaloblástica - Deficiência de vitamina B12
Anemia perniciosa - Causas
Anemia perniciosa - Sintomas e sinais
Anemia perniciosa - Tratamento e prevenção
Anemia perniciosa - Diagnóstico e hemograma
Anemia falciforme - O que é, causas e cura
Anemia falciforme - Sintomas e complicações
Anemia falciforme - Diagnóstico, tratamento, alimentação
Ferritina alta e baixa
Anemia - O que é, sinais, sintomas e complicações
Anemia na gravidez
Causas da anemia e fatores de risco
LDH - Exame de lactato desidrogenase
Diagnóstico da Anemia
Tratamento da anemia e prevenção
Esferocitose hereditária
Use a busca abaixo para encontrar o que deseja em mais de 5 mil páginas sobre esporte, saúde e bem-estar:

Dados da notícia:
Empresa: RP1 COMUNICAÇÃO BRASÍLIA
Fone: (61) 3328-5687 
E-mail: aliceoliveira@rp1.com.br
Fax: (61) 3328-5687 
Contato: Alice Oliveira